Nove doutores, sócios da SBPJor, avaliam as pesquisas enviadas para a edição 2014 do Prêmio Adelmo Genro Filho – PAGF.  Eles são professores de instituições públicas e privadas de várias regiões do país. Neste ano, o PAGF vai selecionar as melhores pesquisas defendidas em 2013 nas categorias Doutorado, Mestrado e TCC/IC.  No total, são 29 trabalhos inscritos.

A categoria Trabalho de Conclusão de Curso e Iniciação Científica recebeu 12 trabalhos. Destes, sete são da região Sudeste e cinco da região Sul. Entre os inscritos, há oito alunos de universidades públicas e quatro de instituições privadas. A Universidade Federal de Santa Maria – UFSM tem o maior número de inscritos, com três candidatos concorrendo ao melhor trabalho desta categoria. A maioria dos participantes pesquisa a narrativa no jornalismo.

Houve dez inscritos na categoria Mestrado, incluindo há uma inscrição de Coimbra, Portugal. Nesta categoria, há pesquisas de várias regiões do país: Sul (6), Centro-Oeste (1) e Nordeste (2). Nove dissertações foram defendidas em instituições públicas e uma em particular. Os temas são variados, mas predominam as pesquisas sobre jornalismo digital. A Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC apresentou três inscritos nesta categoria.

Na categoria doutorado há sete inscritos, sendo três do Sudeste, dois do Nordeste,  um do Sul e um do Centro-Oeste. Os temas de pesquisa também são variados, mas há uma grande preocupação com a participação do público nos jornais, com o uso dos dispositivos móveis no jornalismo e com as narrativas do passado e da contemporaneidade. Duas teses foram defendidas em instituições particulares e cinco em públicas.