No dia 21 de agosto de 2015, a SBPJor, por intermédio da conselheira Marta Maia, participou doEncontro da Base Nacional Comum (BNC), das áreas de Ciências Humanas e Linguagem, ocorrido em Belo Horizonte, Minas Gerais. O evento contou com a participação do Secretário de Educação Básica do MEC, Manuel Palácios, além de especialistas e várias outras instituições e entidades de caráter nacional.

O propósito do encontro foi o de desencadear, em esfera nacional, as discussões sobre a proposta preliminar que estará disponível,no dia 16 de setembro, no site http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. A partir dessa data, a sociedade, de maneira individual ou coletiva, poderá opinar sobre as áreas de conhecimento, os componentes curriculares e os objetivos de aprendizagem relacionados a cada componente curricular. O Diretor de Currículos e Educação Integral do MEC, Ítalo Dutra, afirmou que a BNC não é o currículo, é mais uma ferramenta que irá orientar a construção do currículo das mais de 190 mil escolas de Educação Básica do país. Ela visa atender à necessidade de contextualização regional e local, em aspectos como a sociedade, a cultura e economia próprias da comunidade escolar. Ele ainda ressaltou que o texto preliminar da BNCtem como objetivo promover debates e questionamentos sobre os objetivos da educação básica nas diferentes áreas e componentes curriculares.

Muitas das instituições e entidades presentes questionaram a ausência do documento preliminar (que só estará disponível no site a partir da data indicada), o que teria dificultado maior interação com as possíveis propostas. Por outro lado, algumas saudaram a iniciativa do MEC e as possibilidades que se abrem com essa interlocução. Entre questões como interdisciplinaridade, pluralidade de ideias, singularidade dos componentes, falta de infraestrutura da educação básica, falta de condições de trabalho para os docentes, entre outras, o MEC informou que a UFMG irá abrigar um seminário de caráter nacional, entre os dias 23 e 25 de setembro, em que a proposta preliminar da BNC será discutida de maneira mais aprofundada.