Documento aguarda homologação pelo MEC

As Diretrizes Curriculares para o Curso de Jornalismo foram aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação. O parecer de aprovação foi publicado na edição do último dia 3 de maio do Diário Oficial da União.

Esta publicação deverá ser seguida da homologação pelo MEC. Após a homologaçao pelo MEC, ainda sem data anunciada pelo ministério, os cursos de Jornalismo de todo país passarão a ser regidos pelas novas Diretrizes Curriculares. O presidente da Comissão de Especialistas que elaborou o projeto das Novas Diretrizes Curriculares do Curso de Jornalismo, José Marques de Melo, avalia que o documento publicado “alavanca a valorização do ensino e da pesquisa de Jornalismo, pois a grande vitoria alcançada no CNE, com o aval do MEC , foi o reconhecimento do Jornalismo (…)agora começa a segunda fase do movimento liderado pela nossa comissão, ou seja, converter as DCN em ações destinadas a construir uma sociedade democrática em nosso país. Esta foi precisamente a meta que nos reuniu e a utopia que nos entusiasmou”.

A SBPJor e outras entidades  da área – FNPJ, FENAJ, SBPJor e SOCICOM – têm acompanhado o processo junto ao CNE e MEC. A mobilização continua para uma nova etapa do processo, até a homologação pelo Ministro da Educação, em consonância com o parecer aprovado no CNE.

Os integrantes da Comissão que elaborou as diretrizes curriculares do curso de Jornalismo foram: José Marques de Melo (presidente), Alfredo Vizeu, Carlos Chaparro, Eduardo Meditsch, Luiz Gonzaga Motta, Lucia Araújo, Sergio Mattos e Sonia Virginia Moreira. O processo de elaboração do documento envolveu ainda três audiências públicas, nas cidades de Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Além disso a Comissão ainda recebeu sugestões encaminhadas por meio de consulta pública disponível no portal do MEC.

O Parecer CNE sobre as novas Diretrizes Curriculares Nacionais de Jornalismo pode ser acessado no endereço: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=13063&Itemid=

Acesse aqui o documento formulado pela Comissão de Especialistas.